NOTÍCIAS

CÂMARA HOMENAGEIA ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE SÃO JOSÉ

Publicado em 15/05/2019, Por SECRETARIA DA CÂMARA

         Na última terça-feira, 14 de maio, a Câmara de Vereadores prestou uma homenagem à Associação Beneficente São José através de uma Moção de Reconhecimento proposta pela Bancada do PT e aprovada por unanimidade em plenário, pelos seus 30 anos de serviços à comunidade painfilhense. Segue um breve histórico: Há trinta anos, a saudosa Irmã Anastasie procurou a Srª Ezilena Lionço Dal Prá com o argumento: “Você já se preocupou em criar duas Creches, para as crianças, está na hora de olhar para o outro lado: os idosos.”

         Com o auxílio do Sr. Paulo Tarasconi, que disse conhecer o Lar São Francisco de Veranópolis e prontificou-se em buscar informações de como funcionava e após várias reunião com a Irmã Anastasie, resolveu-se que seria um encontro de idosos em regime não asilar. Em busca de um local adequado, Irmã Anastasie lembrou que as Irmãs de São José ganharam um terreno de presente do Pe. João Crisóstomo, que por sua vez, ganhou de presente do Sr. João Zanella. Então, após várias idas a Lagoa Vermelha solicitar à Provincial a doação de tal terreno, essa decidiu doar, contanto que levasse o nome São José.  Desta forma, o espaço seria chamado de Associação Beneficente São José.

         Com a ajuda do Sr.  Osmar Beuren que fez as escrituras gratuitamente e do Dr. Atila Refosco que ajudou a elaborar os estatutos, faltava somente o prédio. Começou-se então uma campanha junto à comunidade, onde uns doaram cimento, cal e tijolos. O Sr. Ernesto Favero doou 1000 tijolos, a Sra. Herminia Centofante um caminhão de brita, o Sr. Adilo Andrighetti, a madeira para os andaimes e os caibros, o Dr. Alevino Refosco, a madeira para o forro e assoalho, o Sr. Reinaldo Lionço, a importância equivalente a R$ 1.200,00 (um mil e duzentos freais) reais hoje e o 1º Presidente Sr. Nilson da Gama,  mandou  confeccionar  carnês que foram entregues à pessoas  colaboradoras  que seriam contempladas com 30% do valor arrecadado no mês.  A maioria dos ganhadores não ficaram com o prêmio, doando-o para a Associação. A Prefeitura cedeu um pedreiro, Sr. Dinarte Morais e os pedreiros do município doaram dias de trabalho gratuito. Quando pronto, o Leo Club, através do seu Presidente Átila Refosco doou duas panelas grandes, xícaras e alguns pratos. A Sra. Elsa Dal Molin doou pratos, armários, cadeiras, mesas, panelas, as quais tinha guardado da extinta LBA. A Sra. Maria da Gloria doou uma mesa redonda e com a participação da comunidade em rifas, jantares e outras promoções, foram sendo adquiridos móveis e eletrodomésticos.  

         Com o tempo, foi necessária uma ampliação no prédio, sendo o Sr. Walter Schelle o braço direito para tanto e a agência Sicredi local contribuiu convidando, uma vez por ano, para que a Associação fizesse o jantar que a cooperativa oferecia aos associados, cujo dinheiro obtido foi aplicado na aquisição do forro em PVC para a parte nova, assim como, com doações da Receita Federal foi conseguido efetuar as instalações elétricas.

         A Associação se reúne todas as quartas-feiras na parte da tarde, possui Decreto de Utilidade Pública Municipal e Estadual e de acordo com os Estatutos a diretoria é eleita a cada biênio, bem como a eleição da Rainha e Princesas.    

         Foram presidentes da Associação: o Sr. Nilson da Gama por duas gestões, a Srª Ezilena Lionço Dal Prá por quatro gestões, o Sr. Neri Tagliri, a Srª Lucia Andrighetti, a Srª Beatriz Brunetto Vanz e a Srª Laura Chicoski por uma gestão e a Srtª Nilva Amábile Paiz por três gestões, sendo a atual presidente.

 

    Todas imagens: